MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
17/02/2018
05 de fevereiro de 2018 às 15h41 | Geral

Sesau distribuiu 158 mil preservativos no primeiro fim de semana pré-carnaval

A previsão é distribuir 500 mil preservativos fornecidos pelo Ministério da Saúde

Por: PMCG
Divulgação/PMCG

As equipes de prevenção e combate a IST/AIDS da Secretaria de Saúde Pública de Campo Grande (SESAU) distribuíram 158 mil preservativos somente no último fim de semana de pré-carnaval. A campanha feita anualmente pelo órgão teve início na última sexta-feira (2) e as ações estão programadas para ocorrer durante 7 dias da maior manifestação popular. A previsão é distribuir 500 mil preservativos fornecidos pelo Ministério da Saúde.

O balanço parcial compreende o período de sexta-feira até o domingo (04), no qual as equipes estiveram percorrendo os ensaio da escola de samba Unidos da Vila Carvalho e Igrejinha, Bloco Calcinha Molhada e estabelecimentos comerciais parceiros para distribuição de preservativos e materiais informativos, além da realização de abordagens corpo a corpo.

No dia 10, acontecem simultaneamente duas blitz na Avenida Afonso Pena, com o cruzamento das ruas Rio Grande do Sul e 14 de Julho. Na mesma data, haverá distribuição de preservativos e material informativo no Bloco Cordão Valu e estabelecimentos parceiros.

Entre os dias 11 e 13 a mobilização acontece no Desfile das Escolas de Samba na Praça do Papa, principais clubes e bares da cidade, blocos de carnaval na Esplanada Ferroviária e Praça Aquidauana e no Grito de Carnaval na Praça do Rádio.

De acordo com a coordenadora de programas IST/AIDS e hepatites virais da SESAU, Denise Leite Lima, a “expectativa é sensibilizar e conscientizar a população para o uso adequado do preservativo para prevenir as infecções sexualmente transmissíveis e a necessidade da realização do teste rápido no diagnóstico precoce e o tratamento em tempo oportuno”.

Para encerrar a Campanha 2018, a programação inclui a mobilização de conscientização no dia 17, com distribuição de material no bloco Capivara Blasé.

Outras atividades foram programadas e devem acontecer no período pós-carnaval para incentivar a população a procurar as unidades básicas de saúde para a realização dos testes rápidos.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas