MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
26/07/2017
16 de maio de 2017 às 08h11 | Geral

Semana continua chuvosa em MS, segundo meteorologia

Na capital são esperados 200 milímetros de chuva até domingo

Por: G1

Em Campo Grande são esperados cerca de 200 milímetros de chuva nos próximos cinco dias. Isso é mais do que foi previsto inicialmente para todo o mês de maio, que era de 97 milímetros. Nas cidades do sul e em parte do leste de Mato Grosso do Sul, a chuva pode ficar entre 100 e 150 milímetros, segundo a meteorologia.

O mês de maio geralmente é mais seco, porém, este ano está sendo bastante chuvoso. O meteorologista Natálio Abrhão explica que a causa das chuvas vem do oceano e porque não há os fenômenos La Niña e El Niño, que mudam a temperatura da água do mar.

Abrhão explica. “A ausência desses fenômenos. Facilita o avanço das frentes frias que se formam lá no sul do continente e também das umidades vindas da Bolívia e da Amazônia. É o que está ocorrendo agora aqui em Mato Grosso do Sul. O aporte dessa umidade vai potencializar bastante as áreas de estabilidade nos próximos dias e haverá muita chuva e possibilidade de algumas regiões terem transbordamento e enchentes afetando inclusive a atividade agrícola aqui no estado”.

O meteorologista diz ainda que nos próximos dias, na região sul do estado, podem ocorrer transbordamentos nas bacias de alguns córregos perto de Angélica e Ivinhema podendo causar danos nas rodovias.

A região do Pantanal já está com chuva acima da média em Miranda, Aquidauana e Corumbá e deve continuar assim até semana que vem. No leste do estado, entre Batayporã e Três Lagoas, está chovendo acima da média e deve continuar assim por alguns dias.

Na próxima semana, após a passagem dessas áreas de instabilidade, deve ocorrer uma queda de temperatura que não será muito significativa. Em Campo Grande as mínimas devem chegar a 14ºC e em Dourados a 12º C.

Apenas na região Norte do estado está faltando chuva. Coxim, Sonora e Pedro Gomes estão com volume de chuva muito abaixo e essas chuvas só devem ocorrer depois do dia 25 de maio.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas