MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
22/02/2018
01 de agosto de 2016 às 17h37 | Política

Rose Modesto poderá ser a primeira prefeita eleita de Campo Grande

A candidata firmou compromisso de implementar uma nova política para Campo Grande

Por: Da Redação
Divulgação/Marco Miatelo

Rose Modesto tem chances de se tornar a primeira prefeita eleita na história de Campo Grande. A vice-governadora de Mato Grosso do Sul foi escolhida como candidata do PSDB à Prefeitura da Capital com 96% dos votos dos membros dos diretórios municipal e estadual, em convenção realizada no último sábado (30), no Rádio Clube Campo.

Diante de um ginásio lotado, emocionada, a candidata firmou compromisso de implementar uma “nova política dos homens e mulheres de bem”, ouvindo as pessoas e trabalhando pela população. “Campo Grande precisa de um projeto consistente para unir todos os partidos, cada um oferecendo o seu melhor”, acrescentou. Rose tem apoio de sete partidos, da coligação Juntos Por Campo Grande (PSDB-PR-PSB-PDT-SD-PRB-PSL).

O número de mulheres na política brasileira é baixo se comparado a outros países. O Brasil ocupa o 156º lugar em um ranking de 188 nações sobre igualdade de gêneros na política, realizado pela União Interparlamentar.

Campo Grande já teve uma prefeita, mas ela não foi eleita democraticamente. Nelly Bacha foi nomeada por Wilson Barbosa Martins, então governador de Mato Grosso do Sul. Exerceu o cargo em um curto período de tempo: 14 de março a 20 de maio de 1983. Caso eleita, Rose será a primeira mulher escolhida pelo voto popular para o cargo.

Em sua gestão como vereadora e secretária da Sedhast, a candidata demonstrou comprometimento em trabalhar em causas da igualdade de gênero e, especialmente, no combate à violência doméstica.

Mais de 295 mil pessoas foram alcançadas em 79 ações da Subsecretaria da Mulher, da Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), do Governo do Estado. Rodas de conversa, encontros temáticos e ações específicas elevaram em mais de 80% o atendimento na nova sede do Centro de Atendimento à Mulher (CEAM), inaugurado em 2015.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas