MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
20/02/2018
16 de fevereiro de 2018 às 12h30

Coaching: O que é? E como ele pode te ajudar?

Por: Coach Bia Rodrigues

É comum os clientes chegarem até mim querendo fazer o processo de coaching. Mas, em geral, as pessoas não entendem direito o que é realmente o coaching, e, principalmente, e quais são os seus benefícios.

A pessoa normalmente está num momento de decisões na vida e quer algo que possa mostrar caminhos, saídas de forma mais objetiva e rápida para os seus desafios. A maioria vem a mim por indicação, mas mesmo assim, após ter conversado com alguém ou lido a respeito em alguma revista ou site, chega com muitas dúvidas. E isso é muito interessante porque as pessoas sabem que o coaching pode ajudá-las, porém não sabem exatamente de que forma.

O que é muito natural já que o coaching ainda é pouco conhecido pelas pessoas, ao contrário das empresas que vêm utilizando o processo com muito sucesso.

Então resolvi escrever este artigo como intuito de tentar facilitar tal encontro entre o interessado e o processo de coaching, e levar um pouco mais de informação da maneira mais simples e didática possível.

O Coaching é verdadeiramente uma forma muito eficaz de se conquistar o que se quer, tanto profissionalmente quanto na vida pessoal. E para aqueles que estão justamente numa fase da vida insatisfeitos, mas também ainda não têm claro para onde querem ou podem ir, o coaching é excelente. O processo de coaching aperfeiçoa o que já está funcionando e também desenvolve e revela novas competências técnicas e emocionais.

O QUE É COACHING, AFINAL?

É um processo que utiliza ferramentas e metodologias, validadas cientificamente e testadas ao longo do tempo por profissionais reconhecidamente de sucesso na área.

O criador desse processo foi o americano Timothy Gallwey, um treinador de tenistas nos anos 70, e a partir dele vieram muitos outros – e, com eles, o aperfeiçoamento das ferramentas utilizadas e do processo em si para chegar onde está hoje com ampliação para pessoas e empresas de todas as áreas.

Como toda transformação e aperfeiçoamento se dá de dentro para fora, o coaching é um processo de autoconhecimento; porém, não trabalha o passado. O foco é o futuro: começando pela reorganização ou mesmo especificação de objetivos, criação de metas, missões, gestão do tempo, quebra de crenças, revisão de valores, reconhecimento de forças e fraquezas e visão de oportunidades. Tudo isso de forma estrategicamente elaborada em parceria com o cliente: que é chamado de coachee.

Há um material físico com o guia do processo, mas o aproveitamento deste material vai depender muito da formação em coaching e da experiência anterior do profissional.

Portanto, é essencial que o interessado faça uma pesquisa para encontrar um coach com qualidades e competências adequadas para a sua necessidade. E, claro, é primordial que o profissional em questão tenha a formação reconhecida e certificada.

Ainda sobre as qualificações, é importante que o coach tenha conhecimento em áreas distintas, seja interessado no novo, no outro e principalmente na vida.

Para finalizar: não podemos esquecer que é necessário que o coachee esteja 100% comprometido com o processo, porque de outra forma não funciona!

Abraços,

Bia Rodrigues - Personal & Professional Coach / Membro da SBCoaching

(38) 99806-9599

coachbiarodrigues@gmail.com

Instagram: @coachbiarodrigues

 

Facebook: https://www.facebook.com/CoachBiaRodrigues/



16 de fevereiro de 2018 às 12h38

Os 7 hábitos que podem estar te prejudicando

Por: Coach Bia Rodrigues

O caminho para a felicidade é longo e penoso e, às vezes, ao tomar o caminho errado, podemos nos encontrar minando nossas próprias tentativas de sucesso na vida. Na verdade, existem alguns métodos infalíveis para arruinar nossas vidas ao se insistir em certos tipos de comportamento. Aqui estão sete hábitos que você deve evitar se você está tentando ser verdadeiramente feliz. E, porque nenhum de nós é perfeito, apresentamos alternativas positivas para nos colocar no caminho certo novamente…

1. Desistir facilmente

Você tende a desistir quando surge um obstáculo? Essa é uma maneira de nunca alcançar seus objetivos, além de desperdiçar uma oportunidade que possa fazer você feliz. Na verdade, se você encontra uma dificuldade e imediatamente admite a derrota, você destrói qualquer chance de alcançar seus objetivos.

Ao invés disso, lembre-se e pratique isso: nada é grátis ou fácil. As armadilhas da vida são apenas uma parte da jornada para o sucesso e a realização em nossas vidas!

2. Ser um livro aberto em todos os momentos

Derramar tudo o que você tem em seu coração e falar abertamente, sem um filtro, é outra maneira de criar inimigos instantaneamente e reduzir seu círculo de amigos. Não guardar nada para você, e deixar que todos saibam exatamente o que você pensa sobre tudo, sem mostrar um toque de diplomacia ou de tato, é uma maneira segura de afastar as pessoas.

Ao invés disso, lembre-se e pratique isso: sob o pretexto da honestidade, o que você acha que é uma virtude pode se tornar um excelente meio de arruinar sua própria vida e a dos outros.

3. Nunca questionar você mesmo

A culpa não é uma sensação desagradável? Então, por que impor isso a você mesmo, questionando suas ações ou palavras? Se quando você falhar em algo, você não pensar nem por um minuto que isso possa ser sua própria culpa, é óbvio que você evitará se sentir culpado. Pensar que nada é culpa sua, não assumir a responsabilidade pelos seus erros é, mais uma vez, uma maneira infalível de perseverar no fracasso como pessoa.

Ao invés disso, lembre-se e pratique isso: pensar sobre suas ações e palavras pode de fato torná-lo ciente de certas falhas. Isso permite que você aprenda com seus erros e evite fazê-los novamente no futuro, ajudando você a continuar seu caminho em direção à felicidade!

4. Encorajar fofocas

Durante um café com amigos, inúmeros rumores são frequentemente compartilhados sobre qualquer pessoa. Às vezes, esta notícia é infundada ou não verificada. Este é o meio perfeito para afastar as pessoas, e ajudar a espalhar esta falsa notícia certamente poderá prejudicar a outra pessoa.

Ao invés disso, lembre-se e pratique isso: mais uma vez, ao ajudar a espalhar rumores e fofocas, você certamente irá arruinar suas chances de ter uma vida social saudável e satisfatória. Se você tem o hábito de falar sobre coisas positivas e respeitar a dignidade e a privacidade de outras pessoas, você estará em um caminho muito melhor.

5. Se entregar ao fracasso com facilidade

Você já notou que o sucesso parece destinado aos outros, não a você? Tudo é muito mais fácil para outras pessoas, graças à única coisa que possuem e você não: sorte. De fato, não é verdade que todas essas pessoas estiveram no lugar certo no momento certo, cercadas pelas pessoas certas? Será mesmo que algumas pessoas são simplesmente sortudas e você não é uma delas?

Ao invés disso, lembre-se e pratique isso: se você pensar um pouco sobre isso, você não acha que seu sucesso poderia ser uma questão de audácia, tenacidade e ambição?

6. Se comparar com os outros

Ao olhar constantemente o que os outros têm, e no que eles conseguem ou não, você acha que pode entender melhor seu próprio senso de valor. No entanto, isso deixa você se sentindo insatisfeito com o que você é ou o que você tem…

Ao invés disso, lembre-se e pratique isso: estabelecer padrões para você com base no que você vê em outras pessoas é uma má ideia, porque você não pode ver toda a imagem da vida delas, com todos os bons e maus momentos, e porque… você não é essas pessoas. Além disso, com essas comparações, você corre o risco de não ver seus próprios sucessos.

7. Não estabelecer metas ou prazos para você

Descansar em sua “zona de conforto” é tão tentador! Tem esse nome por um motivo, afinal. Quem não quer se sentir confortável? Além disso, a vida é suficientemente perigosa, então por que tentar algo novo? Seguir uma rotina é reconfortante e tranquilizador, mesmo quando a própria rotina pode não ser.

Ao invés disso, lembre-se e pratique isso: certamente deve haver, no fundo, coisas que você gostaria de fazer, ter ou alcançar. Em longo prazo, você não conseguirá fazer nada se você não definiu pelo menos alguns objetivos e prazos. Você acha que terá mais a perder do que ganhar? Para não deixar esta vida com a sensação de que você não experimentou o suficiente, se tranquilize lembrando este provérbio: “O que não é plantado não tem chance de crescer”.

Abraços,

Bia Rodrigues - Personal & Professional Coach / Membro da SBCoaching

(38) 99806-9599

coachbiarodrigues@gmail.com

Instagram: @coachbiarodrigues

Facebook: https://www.facebook.com/CoachBiaRodrigues/



Coach Bia Rodrigues

Permita-se

A coach Bia Rodrigues terá uma coluna semanal, trazendo dicas e conteúdos que vão te ajudara tirar seus sonhos e projetos da gaveta, falando sobre carreira, propósito de vida, produtividade, empreendedorismo entre outros.
Vídeos
Enquete
O seu 13º salário vai ser utilizado como?
0%
0%
20%
60%
20%
ver resultado