MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
27/06/2019
22 de janeiro de 2019 às 10h13 | Geral

Otimista com novo governo, Reinaldo Azambuja debate prioridades de MS com ministros de Bolsonaro

Esta semana o governador se reúne com quatro ministros em Brasília

Por: GOV MS
Divulgação/GOV MS

Com a melhora da economia no terceiro trimestre de 2018 e boas expectativas em relação à gestão do presidente Jair Bolsonaro, o governador Reinaldo Azambuja iniciou 2019 otimista com projetos para Mato Grosso do Sul. Nesta semana ele vai se reunir com pelo menos quatro ministros em Brasília (DF) para tratar de pautas consideradas prioritárias ao desenvolvimento do Estado.

Reinaldo Azambuja já defendeu a efetiva participação da União na blindagem das fronteiras com o novo governo, em encontro com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. Agora, ele quer ação do Governo Federal para viabilizar duas rotas bioceânicas que passam por Mato Grosso do Sul. Os traçados ferroviário e rodoviário vão dar mais competitividade ao Centro-Oeste do Brasil.

“Dia 24 vamos discutir essa questão de desenvolvimento com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas”, adiantou o governador. “A maior parte de nossas exportações vai para a Ásia. E quando saímos pelo Oceano Atlântico damos uma volta pelo canal do Panamá ou pela Argentina. Isso significa milhares de quilômetros a mais do que pelo Oceano Pacífico”, explicou.

Na agenda de Reinaldo Azambuja ainda constam reuniões com os ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e Luiz Henrique Mandetta (Saúde). Em afirmações recentes, o gestor tem destacado pautas prioritárias que devem ser debatidas cada uma das pastas. Na área da saúde, por exemplo, está a regionalização das estruturas de atendimento.

Segundo o governador, em até dois anos e meio o novo modelo de atendimento regionalizado nos 11 polos de saúde deve ser concluído em Mato Grosso do Sul. “Vamos aumentar leitos em todo o Estado. Em Campo Grande terminamos o Hospital do Trauma e estamos finalizando o Hospital de Câncer. E temos a ampliação do Hospital Regional Rosa Pedrossian”, pontuou ele à imprensa.

“Estamos construindo dois hospitais regionais, um em Três Lagoas e outro em Dourados. E também temos a ampliação da Santa Casa de Corumbá, além do fortalecimento dos hospitais de Jardim, Nova Andradina, Coxim e Ponta Porã”, lembrou. “Tudo isso para que possamos ter melhor prestação de serviços à população sul-mato-grossense”, afirmou ele.

Para efetivar os projetos que beneficiam o Estado, Reinaldo Azambuja conta com apoio da bancada federal.  Ele tem reafirmado que deposita nos deputados e senadores confiança para estabelecer “grandes parcerias” com a União. “Eu não tenho dúvidas que assim vamos conseguir fazer mais políticas públicas em logística, saúde, segurança pública, educação”, pontuou.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas