MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
25/06/2018
16 de outubro de 2014 às 12h55 | Saúde

ONU pede aumento drástico de ajuda contra o ebola

O ebola já causou 4.493 mortes e 8.997 casos registrados em sete países

Por: Mariana Rodrigues/Informações Agência Brasil

 O Conselho de Segurança das Nações Unidas pediu hoje (16) aumento drástico da ajuda dos Estados-Membros para enfrentar a epidemia de ebola, considerada a questão de saúde "mais grave dos últimos anos”.

Muitos países ocidentais, alguns deles agora afetados por casos de contágio em seus territórios, decidiram reforçar medidas de controle nas fronteiras.

“A progressão sem precedentes da epidemia de ebola na África Ocidental representa uma ameaça à paz e à segurança internacionais”, ressaltou o conselho, que pediu aos países-membros da Organização das Nações Unidas que aumentem a "ajuda financeira e material” aos países atingidos pelo vírus.

De acordo com o último balanço da Organização Mundial da Saúde, o ebola já causou 4.493 mortes e 8.997 casos registrados em sete países – Libéria, Serra Leoa, Guiné-Conacri, Senegal, Espanha e Estados Unidos.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas