MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
13/12/2018
21 de novembro de 2018 às 10h56 | Esporte

Oito modalidades dão início à 12ª edição das Paralimpíadas Escolares

As competições iniciaram oficialmente nesta quarta-feira (21.11), em São Paulo

Por: GOV MS
Divulgação/GOV MS

Já começaram as disputas de atletismo, basquete em cadeira de rodas, bocha, futebol de 5, futebol de 7, goalball, tênis em cadeira de rodas e vôlei sentado.

Os oito esportes se juntam ao judô, natação e tênis de mesa na composição das 11 modalidades ofertadas nas Escolares 2018. Vale ressaltar que estão aptas a participar crianças de 12 a 17 anos.

Todas as competições serão realizadas no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, e se estenderá até sexta-feira (23.11).

O maior evento esportivo do mundo para pessoas com deficiência em idade escolar conta com a participação de cerca de duas mil pessoas, entre atletas, técnicos, dirigentes, voluntários e equipes do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Ao todo foram inscritos, 992 atletas de 24 estados e o Distrito Federal.

Semelhante a 2017, serão ofertadas 11 modalidades: atletismo, bocha, basquete em cadeira de rodas (formato 3×3), futebol de 5 (para cegos), futebol de 7 (para paralisados cerebrais), goalball, judô, natação, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas e vôlei sentado.

A delegação de Mato Grosso do Sul, conta com mais 108 integrantes, sendo 73 atletas, cerca de 32 staffs e 3 dirigentes. A equipe sul-mato-grossense irá competir nas modalidades de atletismo, basquete 3×3, bocha, futebol de sete, judô, natação e tênis de mesa, nas categorias (masculino e feminino).

No ano passado, o MS, conquistou o 4º lugar no ranking geral das competição, com 70 medalhas e 292 pontos, ficando atrás apenas de São Paulo, Santa Catarina e Distrito Federal.

As Escolares, servirão como seletiva para o Camping Escolar Paralímpico 2019, projeto que promove semanas de treinamento intensivo e de alto rendimento para os jovens atletas. Este ano, serão comtempladas todas as modalidades, com capacidade para cem vagas.

As Paralimpíadas Escolares contam com o apoio da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida de São Paulo. Mato Grosso do Sul participa com o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de mato Grosso do Sul (Fundesporte).

O Centro Paraolímpico Brasileiro está localizado no parque Fontes do Ipiranga, Zona Sul de São Paulo, e tem instalações esportivas indoor e outdoor que servem para treinamentos, competições e intercâmbios de atletas e seleções em 15 modalidades paralímpicas: atletismo, basquete, esgrima, rúgbi e tênis em cadeira de rodas, bocha, natação, futebol de 5 (para cegos), futebol de 7 (para paralisados cerebrais), goalball, halterofilismo, judô, tênis de mesa, triatlo e vôlei sentado.

Além disso, tem área residencial com alojamentos com capacidade para 280 pessoas, refeitório, lavanderia e um setor administrativo com salas, auditórios e outros espaços de apoio.

O CPB foi inaugurado em maio de 2016 e é o principal centro de excelência do Brasil e da América Latina e um dos melhores do mundo esporte de alto rendimento.

 

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas