MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
23/05/2017
13 de julho de 2015 às 17h42 | Trânsito

Número de mortes no trânsito da Capital cai 43% no primeiro trimestre

O levantamento contabilizou 30 óbitos no ano anterior, contra 17 em 2015

Por: CGNotícias

No primeiro trimestre deste ano, Campo Grande computou uma redução recorde, de 43%, no número de vítimas fatais de acidentes de trânsito, em comparação com o mesmo período de 2014. Conforme o levantamento divulgado recentemente pelo Grupo de Análise de Acidentes do Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito (GGIT) foram 30 óbitos no ano anterior, contra 17 em 2015.

“São consideradas as mortes ocorridas no local do acidente e as que aconteceram num período de até 30 dias em decorrência do acidente. Estas orientações são da Organização Mundial de Saúde (MS), para que haja padronização na contagem das vítimas”, explicou a presidente do GGIT e diretora-presidente da Agetran, Beth Felix.

As estatísticas revelam que no primeiro trimestre de 2014 foram registrados 21 óbitos de motociclistas; 03 de pedestres; 05 de ciclistas e 01 de passageiro. Já neste primeiro trimestre de 2015 foram 12 óbitos de motociclistas; 02 de pedestres; 01 de ciclista e 02 de condutores.

“É importante destacar que a validação das informações é feita após 90 dias do fechamento do trimestre, ou seja: janeiro, fevereiro e março, já foram validados em julho, após o cruzamento de informações dos Boletins de Ocorrência/Bptran com as Declarações de Óbitos/SIM. Portanto, as estatísticas são positivas, demonstram que desde a criação do GGIT, 2010, trata-se do menor índice de redução de óbitos”, destacou a diretora. Atualmente, estima-se que de janeiro até o dia de hoje (13) foram computados 40 óbitos. 

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas