MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
22/11/2017
28 de outubro de 2015 às 13h24 | Esporte

Novos judocas são graduados na Capital pelo Projeto Judô Nota Dez

O Projeto existe há nove anos e alcança 41 polos em todo Estado

Por: Assessoria
Divulgação/Marco Miatelo

O judô reúne praticantes em todo o mundo e o Projeto Social Judô Nota Dez contribui para aumentar a estatística de atletas em Mato Grosso do Sul. Nesta terça-feira (27) o deputado estadual Marcio Fernandes entregou certificados para crianças e jovens da Escola Estadual Sílvio Oliveira dos Santos, no Conjunto Aero Rancho. “Os alunos trocaram de faixa com aquele sorriso no rosto e eu, mais uma vez, sou grato por poder proporcionar isso a eles. A graduação é um estímulo para os judocas e a alegria deles o "certificado" para nós de que estamos no caminho certo”, disse o deputado.

O Projeto Social Judô Nota Dez existe, ininterruptamente, há nove anos e alcança hoje 41 polos em todo Estado. A diretora da escola, Elizabeth Tiemi Hashimoto Henn, destaca a importância da iniciativa como fator colaborador para que as crianças não fiquem nas ruas.  “As aulas acontecem no contraturno e promovem a disciplina dentro de sala de aula porque os estudantes precisam obedecer as normas da modalidade”, conclui.

O Projeto Judô Nota Dez tem por objetivo a inclusão social através do esporte, visando criar condições e oportunidades para que todas as crianças e adolescentes possam desenvolver as suas potencialidades. Os benefícios da atividade física são inúmeros e proporcionam um desenvolvimento físico, psíquico e social de forma integrada: desenvolve habilidades, prepara os jovens para uma convivência harmônica em seu ambiente social e estimula o interesse pela competição sadia.

A recreadora, Juliana Santana, explica que não seria possível colocar o filho em contato com o esporte sem a ajuda do projeto. “O comportamento dele na rua e na escola mudou muito desde que começou a praticar o judô. Sei o quanto é importante sair de casa para fazer uma atividade física. Se não fosse o projeto eu não teria como proporcionar essa alegria na vida do meu filho”, disse.

O estudante Adrian Bezerra de Souza, de 9 anos, está há 5 meses no projeto. “ Eu queria muito fazer um esporte e a minha mãe me colocou no judô. É muito legal lutar no colégio com os meus amigos, tirar boas notas e trocar de faixa”, conta.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas