MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
21/08/2017
24 de fevereiro de 2016 às 17h39 | Polícia

Menino é internado com sinais de tortura e polícia apura magia negra

Tios foram presos suspeitos de torturar criança em rituais na capital de MS

Por: G1

Um menino de 4 anos e 8 meses está internado desde essa terça-feira (23), na Santa Casa de Campo Grande, com queimaduras no rosto, com um dos braços quebrados, ferimentos nos olhos e vários hematomas.

Segundo a delegada Priscilla Anuda Quarti, que atendeu o caso na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro, a criança tinha sinais de tortura. A polícia investiga se os ferimentos foram provocados em rituais de magia negra.

Os suspeitos da tortura são os tios da criança e um primo. O homem tem 46 anos e o rapaz, 18. O casal está preso e o rapaz é procurado, segundo a polícia.

De acordo com a delegada, a criança chegou ao hospital com graves lesões e tinha ainda uma das orelhas deformadas e ferimentos nos olhos que comprometem a visão. As unhas dos pés teriam sido arrancadas.

A criança morava com uma tia e o marido dela, conforme as investigações iniciais. Ainda segundo as primeiras informações, o menino chegou a morar com uma das avós, mas ela o entregou à Justiça. Depois de ficar abrigada, a criança foi deixada com os tios. Não há detalhes sobre os pais.

A família recebia visitas constantes de assistentes sociais e pscicólogos, pelo fato da criança já ter ficado em abrigo. Nessa terça-feira, os profissionais viram que o menino estava machucado e ele foi encaminhado ao hospital.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas