MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
19/10/2018
24 de maio de 2018 às 11h24 | Economia

Intenção de consumo das famílias cresce 0,2% de abril para maio

Na comparação com maio do ano passado, o indicador avançou 12,1%

Por: ABr

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF), medida pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), cresceu 0,2% de abril para maio e alcançou 87,1 pontos em uma escala de zero a 200 pontos. Na comparação com maio do ano passado, o indicador avançou 12,1%.

Apesar das altas, o indicador ainda se situa abaixo do patamar positivo de confiança, acima dos 100 pontos. Segundo a CNC, isso demonstra a permanência da insatisfação das famílias com a crise econômica.

Na comparação com abril, quatro dos sete componentes do indicador tiveram alta, apesar da queda na média. As principais altas ficaram com o nível de consumo atual (1,6%) e a perspectiva de consumo (1,9%). Dos três componentes em queda, o maior recuo ficou com o momento adequado para a compra de bens duráveis (-2,5%).

Na comparação com maio de 2017, os sete componentes tiveram alta, com destaque para perspectiva de consumo (24,3%) e nível de consumo atual (23,3%).

“O desequilíbrio das finanças públicas, a baixa capacidade de recuperação econômico-financeira de alguns estados, a burocracia e o nível de juros reais continuam afetando investimentos e consumo privados”, disse o economista da CNC Antonio Everton Chaves Junior.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas