MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
19/01/2018
08 de setembro de 2014 às 11h12 | Esporte

Hamilton vence prêmio da Itália; Massa volta ao pódio em 3º

O piloto largou mal, foi ultrapassado por Rosberg e se recuperou em seguida

Por: Mariana Anjos / Informações Edição de Notícias
Foto: Tefano Rellandini / Reuters

Monza recebeu um emocionante e agitado Grande Prêmio da Itália nesse domingo. A dupla da Mercedes voltou a ser protagonista, mas desta vez quem venceu foi o britânico Lewis Hamilton. O piloto foi pole position, mas largou mal e foi ultrapassado pelo alemão Nico Rosberg. Entretanto, o inglês aproveitou erros do companheiro de escuderia para vencer sua sexta prova na temporada e esquentar a briga pelo título.

Para Felpe Massa, o fim de semana foi extremamente positivo. O brasileiro, que foi confirmado pela Williams para a próxima temporada, havia largado em quarto e terminou a prova em terceiro. O piloto não subia no pódio desde o Grande Prêmio da Espanha de 2013, em maio do último ano, ainda com a Ferrari. De quebra, ele ainda ficou na frente de seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas.

A largada foi toda para Rosberg. O alemão aproveitou o início ruim de Hamilton e assumiu a liderança logo de cara. Massa também foi bem e passou para terceiro, enquanto o surpreendente Magnussen passou de quinto para segundo. Na quinta volta, o brasileiro aproveitou para passar o dinamarquês e entrar na briga pela ponta. Já Bottas teve que lamentar, já que saiu de terceiro para 11º.

Massa conseguiu se segurar na segunda colocação até a décima volta, quando Hamilton concretizou a ultrapassagem. Com isso, o britânico passou a pisar fundo para se aproximar de Rosberg e deixar a briga pela vitória entre os pilotos da Mercedes.

O alemão já havia se complicado em uma área de escape nas primeiras voltas e, na volta 29, voltou a errar e escapar para fora do traçado. Hamilton aproveitou o vacilo do companheiro e retomou a liderança da prova para não largar mais.

Algumas posições atrás, o destaque ficava por conta de Bottas, que tratou de recuperar posições perdias e ficou na briga pela quarta colocação. A disputa foi boa para Massa, que não teve assédio ao seu terceiro lugar. Quem não pôde entrar nessa disputa foi Alonso que, para a decepção da torcida italiana, teve que abandonar com sua Ferrari.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas