MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
28/05/2017
26 de abril de 2014 às 21h30 | Ciência/Tecnologia

Google faz grandes mudanças em sua rede social

Confira quais são as novidades após as mudanças

Por: Letícia Oliveira/ Com informações Exame
Foto: Ilustrativa

Nesta sexta-feira (25), o chefe da rede social Google+ deixou a empresa. Vic Gundotra fez o anúncio na própria rede social. Nem o Google, nem Gundotra deram explicações sobre a saída do executivo. De acordo com informações do site TechCrunch, a mudança estaria relacionada a uma última tentativa do Google de fazer a rede social mais relevante.

As mudanças entre os funcionários do Google+ não se restringiram à saída de Gundotra. Entre 1.000 e 1.200 pessoas que trabalhavam na divisão foram realocadas dentro do Google. A equipe que trabalhava com o Hangouts, por exemplo, deve ir para o núcleo do Android. O mesmo acontecerá com os desenvolvedores de ferramentas relacionadas a fotos do Google+.

De acordo com as fontes do TechCrunch, o Google+ passará por um momento de mudanças. A ideia do Google é transformá-lo em uma plataforma, ao invés de um produto. Com isso, ele não estaria mais competindo diretamente com outras redes sociais como o Facebook e o Twitter.

As informações são de que o Google+ não está oficialmente morto, mas que é um morto-vivo nesse momento. “Quando você demite o chefe e tira todos os recursos, é nisso que alguma coisa se transforma”, afirmou uma das fontes.

Outra providência que o Google deve tomar é tirar a obrigatoriedade de integração entre a rede social e outros produtos da casa. O primeiro que deve ver esse fim é o YouTube.

O Google tem um problema sério com redes sociais. Apesar de ser um gigante em diversas áreas da internet, a empresa não consegue acertar a mão quando esse é o assunto.

O maior êxito da empresa foi com o Orkut, que fez enorme sucesso em países como o Brasil e a Índia. Depois, foram apenas problemas. O Google Wave, que combinava e-mail, chat e formas de compartilhamento, começou em 2009 e fechou em 2010.

Depois, o Google tentou alcançar algum sucesso com o Google Buzz. A rede não deu certo e foi, de certa forma, integrada ao Google+.

O Google+ é o maior sucesso do Google em redes sociais desde o Orkut, mas a empresa parece querer mais dele. Nos próximos meses o Google+ deve usar seus últimos respiros para continuar vivo.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas