MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
29/06/2017
10 de maio de 2017 às 13h29 | Polícia

Em presídio de Dourados, Gaeco faz operação contra corrupção

São cumpridos 13 mandados judiciais e a ação é resultado de 6 meses de investigação

Por: G1
G1

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) faz nesta quarta-feira (10), operação contra corrupção no presídio de regime semiaberto de Dourados.

A Agência Estadual de Administração Penitenciária (Agepen) informou que contribuiu com a investigação do Gaeco e que "apoia qualquer ação que preze pela transparência e lisura nas condutas de seus servidores".

De acordo com o Grupo que combate o crime organizado no Estado, são cumpridos 13 mandados judiciais, sendo sete de busca e apreensão, cinco de condução coercitiva e um de prisão preventiva, todos expedidos pela 2ª Vara Criminal de Dourados.

A operação Apanágio é resultado de aproximadamente seis meses de investigações voltadas a apurar crimes de peculato, corrupção ativa, corrupção passiva e associação criminosa, entre outros. O Gaeco apura regalias indevidas a funcionário público e presos do sistema semiaberto.

A ação tem o apoio da 16ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Dourados. A pessoa presa e as que irão apenas prestar depoimentos foram levadas para a sede do Ministério Público do município.

Apanágio, nome dado à operação, é benefício que se concede a um certo grupo em detrimento dos demais (grupos); privilégio e/ou regalia.

Em janeiro deste ano, diretores de diversos presídios de Mato Grosso do Sul, entre eles de Dourados, tiveram celulares apreendidos pelo Ministério Público.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas