MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
14/07/2020
23 de maio de 2020 às 07h05 | Cultura

Em parceria com Teatro Chico Maria, Detran-MS inicia série educativa nas redes sociais durante o Maio Amarelo

De maneira bem-humorada, o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul), em parceria com o grupo teatral Chico Maria, inicia neste sábado (23), uma série de vídeos educativos nas redes sociais

Por: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul
Departamento com o intuito de ressaltar a importância da segurança no trânsito, bem como incentivar a reflexão para a mudança de comportamento e a adoção de ações seguras na condução de veículos. A ação faz parte da campanha Maio Amarelo, que tem como tema “Perceba o risco. Proteja a vida” e este ano está sendo realizada no formato digital através das redes sociais dos Detrans, devido a pandemia do novo coronavírus. A diretora de Educação para o Trânsito do Departamento, Elijane Coelho, comenta que com uma abordagem diferenciada, os atores contam de maneira engraçada que o trânsito é coisa séria. “A orientação educativa neste formato possibilita a identificação com os personagens, o que motiva a mudança de postura das pessoas no trânsito. Nos vídeos fica a mensagem que se cada um fizer a sua parte de maneira correta, teremos um trânsito mais seguro”, conclui. Na área artística há 26 anos, a fundadora e presidente do grupo de teatro Chico Maria, Rane Abreu, comenta que o grupo surgiu há 15 anos, com o propósito de unir teatro, circo e música. “O nome é exatamente a identidade do grupo, composto por homens e mulheres”. Rane explica que o Maio Amarelo contará com a família “Maraqueu”, onde o pai, a mãe, o filho e a vó se encontram em situações pessoais e familiares que podem levar a um acidente de trânsito. “Existem vários motivos para que as negligências no trânsito sejam cometidas, como falta de consciência, intransigência, irresponsabilidade, problemas pessoais e através da peça buscamos esclarecer que o educativo pode ser mostrado de uma forma calma e engraçada, para que quem assista, sinta a vontade de se colocar no lugar, sem se sentir julgado e assim refletir sobre suas ações”. Rane ressalta que por conta da pandemia do novo coronavírus e o distanciamento social, o grupo decidiu que apenas dois artistas gravariam as cenas. “Então eu o meu colega Bruno Moser, faremos o papel dos cinco personagens, a fim de mostrar o respeito que estamos tendo com esse momento atual. Os vídeos serão disponibilizados todos os dias nas redes sociais do órgão de 23 a 30 de maio.
Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas