MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
14/12/2018
06 de junho de 2018 às 12h42 | Polícia

Em cinco meses PM apreende mais de 57 toneladas de drogas e 419 armas de fogo

De 1 de janeiro a 3 de junho de 2018, foram realizadas mais de cinco mil operações

Por: GOV MS
Divulgação/GOV MS

Com objetivo de prevenir a prática de crimes e proporcionar maior segurança à população sul-mato-grossense, a Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (PMMS) por meio de suas unidades, tem intensificado o policiamento ostensivo e preventivo nos 79 municípios do Estado. De acordo com levantamento divulgado pela instituição nessa terça-feira (5.5) os de 1 de janeiro a 3 de junho de 2018, foram realizadas mais de cinco mil operações, totalizando na abordagem de 258.183 pessoas e 233.355 veículos.

As ações durante este período resultaram na prisão de 1.975 foragidos da Justiça e recuperação de 958 veículos que estavam com registros de ocorrências de roubo ou furto, sendo recuperados e encaminhados à delegacia para que fossem entregues aos seus respectivos proprietários. A Polícia Militar ainda obteve sucesso em apreender 419 armas de fogo, devido atuação de forma preventiva e de repressão imediata, ou seja, também agindo imediatamente ao tomar conhecimento de um delito.

Conforme os dados divulgados, nestes cinco meses 57,2 toneladas de drogas foram apreendidas, grande parte destes entorpecentes seriam levados para outros estados. Já a Polícia Militar Ambiental (PMA) confeccionou 279 notificações ambientais, visto que fiscalizam e autuam qualquer cidadão que não esteja de acordo com a legislação. Em suas ações, além de cumprir a lei, a PMA garante a sustentabilidade do meio ambiente às gerações futuras.

O comandante-geral da PMMS, coronel Waldir Ribeiro Acosta, disse que tem conversado frequentemente com a tropa sobre as atividades de rotina, e orientado que as ações devem ser intensificadas. “Continuaremos atuando diuturnamente para manter a sensação de segurança em Mato Grosso do Sul, abordando pessoas e veículos em atitudes suspeitas com a finalidade de manter o nosso Estado no ranking dos mais seguros do país”, pontuou o coronel.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas