MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
24/11/2017
30 de outubro de 2017 às 17h24 | Esporte

Com novos parceiros, Praça do Peixe ganha academia e terá reforço na manutenção

Atualmente, mais de 60 convênios para manter espaços públicos estão em vigência

Por: PMCG

Um dos espaços de lazer mais frequentados pelas famílias de Campo Grande, a Praça do Peixe, no Bairro Vilas Boas, acaba de ser contemplada com uma academia ao ar livre, instalada por meio de parceria da prefeitura, via Secretaria de Cultura, e Instituto Sabin. Paralelamente, um novo convênio do Programa de Parceria Municipal – Propam permitirá a adoção da praça por uma empresa privada, que a partir de agora será responsável pela manutenção do local.

O ato de inauguração da academia ao ar livre e a assinatura do Propam com a empresa Paez Lima Comércio de Alimentos – ME (Box do Gordinho Cestas Básicas) contou com a presença dos parceiros e do prefeito Marquinhos Trad.

Para o chefe do Executivo Municipal, a iniciativa privada desempenha um papel social importante para a sociedade. “Ninguém governa sozinho. A cidade não é do prefeito, mas é de todos nós. Zelar pelas praças e espaços públicos deve ser dever de todos. Ficamos felizes com as parcerias que estão voltando a surgir para somar com a prefeitura. Significa que a sociedade acredita em nossa administração. A vocês a nossa gratidão e reconhecimento pela contribuição”.

Um dos proprietários do Box do Gordinho, Adonis Guimarães Lima, falou do contentamento em contribuir com a manutenção da praça e se comprometeu inclusive a ajudar na segurança do local. “Sabemos que a prefeitura precisa da ajuda da sociedade e estamos felizes em somar. Essa praça é referência em Campo Grande e o nosso desejo é de que continue sendo um local de lazer e alegria. Nossa intenção é fazer um monitoramento de segurança aqui espero que sejamos bons gestores junto com a administração pública”, disse o empresário.

Sobre a academia, em nome do Instituto Sabin, Hugo Leonardo reforça a necessidade desses equipamentos para a melhoria da qualidade de vida da população. “Estamos há dois anos e meio instalados em Campo Grande e aqui fomos muito bem acolhidos. Nada mais justo do que darmos a nossa retribuição e essa academia foi uma das maneiras que encontramos de agradecer a população. Nossa missão é cuidar da saúde das pessoas e por entendermos que a correria do dia a dia muitas vezes dificulta a prática de exercícios físicos, trouxemos essa academia visando melhor qualidade de vida de todos que aqui frequentam”.

Propam

O Propam foi criado há 21 anos e é coordenado pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Planurb). Seu objetivo é ajudar a prefeitura na manutenção de praças, canteiros e rotatórias, por meio de uma aliança com a iniciativa privada. Em contrapartida, quem adota um espaço público, além de mostrar uma imagem positiva, pode divulgar sua publicidade no local.

Atualmente, mais de 60 convênios estão em vigência. Como exemplo, a rotatória da Via Parque, Praça da Rua Jeribá (bairro Chácara Cachoeira) e a Praça dos Arquitetos (av. Fernando Corrêa da Costa).

Por meio dessa iniciativa, a Prefeitura Municipal de Campo Grande reduz os gastos com manutenção e pode direcionar estes recursos para outros investimentos. Qualquer pessoa, empresa ou instituição pode adotar uma área pública, ou até mesmo compartilhá-la. O convênio é firmado por dois anos, podendo ser renovado. Os interessados podem entrar em contato pelo telefone 3342-8822 e obter detalhes sobre as áreas disponíveis.

A Praça do Peixe

Inaugurada em 26 de setembro de 1995, a Praça do Peixe recebeu esse nome por causa de seu formato. A planta de construção foi inspirada em um peixe pelo arquiteto Elídio Pinheiro. O formato fica mais evidente quando se vê a área de cima.IMG_7961

A calçada da praça lembra as ondas do rio e foram coloridas em tons de azul. Quiosques, palco, quadras de areia e de futebol de salão fazem parte da área de lazer.

Após a inauguração da Praça, a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo realizou um mapeamento das praças brasileiras e a do Peixe foi considerada referência em virtude de seu formado.

Em toda área não há desnível o que elimina problemas de acessibilidade. A Praça do Peixe foi o primeiro centro social do Vilas Boas e, com isto, começou o desenvolvimento do corredor gastronômico da Avenida Bom Pastor.

O ato de inauguração da academia ao ar livre e assinatura do convênio do Propam para a Praça do Peixe contou com a presença da secretária de Cultura e Turismo, Nilde Brun e do secretário de Assistência Social, José Mário Antunes.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas