MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
14/11/2018
02 de julho de 2018 às 12h18 | Geral

Com apoio da Semagro, rede vai integrar entidades de pesquisa na Capital e Dourados

A intenção é estimular e incrementar a aplicação de novas tecnologias como fator de desenvolvimento do Paí

Por: GOV MS

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) assinou termo de cooperação técnica entre a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RPN) e a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) para implantar uma infraestrutura que ligará órgãos ligados à Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul.

A infraestrutura de redes de comunicação de dados de longa distância vai interligar instituições de Campo Grande e Dourados, como a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems), a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) e a Embrapa, como forma de integrar e expandir a Ciência e Tecnologia no Estado.

Sendo a secretaria responsável pelo setor em Mato Grosso do Sul, a Semagro vai atuar como parceira na manutenção da rede. Para o titular da pasta, Jaime Verruck, a ação contribui de forma atuando para a expansão da pesquisa no Estado. “Esse é mais um passo que damos no incentivo ao segmento que deve ser tratado com devida importância que tem para o Estado”.

O acordo proposto ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) é promover a mútua cooperação com vistas à interligação de instituições e órgãos governamentais, estaduais e municipais através de uma infraestrutura de redes de comunicação de dados de longa distância baseadas em tecnologias inovadoras, conectadas ao backbone da RNP.

Com o intuito de incentivar e fomentar a universalização do acesso à internet, a busca de soluções alternativas com base em dispositivos, meios de distribuição, modelos de uso coletivo, resultantes da colaboração mútua, que possibilitem estimular e incrementar a aplicação de novas tecnologias como fator de desenvolvimento do País.

A RNP coordena o programa Veredas Novas para a implantação de uma infraestrutura Óptica Nacional para utilização em sua Rede Ipê (uma infraestrutura nacional avançada de comunicação e colaboração a distância), mediante a construção ou utilização de infraestrutura óptica existente, que permita interligar em alta capacidade os campi de suas organizações usuárias, inclusive, no interior dos estados em redes de alta capacidade e expansíveis.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas