MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
15/12/2017
19 de junho de 2015 às 18h15 | Polícia

Capital passa a contar com sistema de videomonitoramento para reforçar segurança

Após período de testes o sistema de videomonitoramento do centro é inaugurado

Por: CGNotícias
CGNotícias

A população campo-grandense passa a ter mais segurança na região central da Capital. O sistema de videomonitoramento foi inaugurado oficialmente, na manhã desta sexta-feira (19), após um período de testes. As 22 câmeras inicialmente instaladas na região central irão diminuir e coibir os furtos em até 30%.

O prefeito Gilmar Olarte destacou que as câmeras irão monitorar e garantir a segurança do centro, onde moram 80 mil pessoas e circulam 350 mil, por dia. “O mais importante é garantir a segurança dos cidadãos e o videomonitoramento, fruto do trabalho e união de várias frentes, é mais um benefício para Campo Grande”.

O sistema irá garantir a vigilância da população, prevenção a roubos e analise de trânsito e meio ambiente, sendo usada também para medir índices pluviométricos pela Defesa Civil. Pelo centro de Campo Grande passam, por dia, cerca de 350 mil pessoas. A posição das câmeras foi definida a partir de mapeamento das ocorrências criminais.

São 22 câmeras no centro, com alcance de 450 metros e imagens em 360º, com dispositivo que filma dia e noite. As imagens ficarão em banco de dados por 30 dias, caso seja necessário fazer analises posteriores.

De acordo com Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública), aconteceram de 200 a 250 delitos na região central de Campo Grande. O equipamento irá reduzir esse número em 30%, nos primeiros 60 dias. Após quatro meses, de acordo com a Secretaria Municipal de Segurança, a diminuição será de 60%. Até o final do ano, o sistema será ampliado em 30%, com a instalação de câmeras também na Orla Ferroviária.

“A população do Centro passa a contar com esta segurança e será uma ferramenta integrada ao sistema de segurança na região central”, destacou o secretário municipal de Segurança, Valério Azambuja.

No centro, a população se acostuma com as câmeras pelas esquinas. “De noite fica tenso aqui, não sabia que ia ter câmeras aqui também. Dá uma sensação de segurança, bom saber”, destacou Ramona Aparecida, que estuda à noite e pega ônibus na rua 26 de agosto, próximo de uma câmera localizada no cruzamento com a rua 14 de julho.

“As câmeras inibem, principalmente os roubos. Já vi marginais roubando bolsa aqui na praça Ary Coelho e correndo, com a câmera vão pensar duas vezes”, conta Andreia da Silva. Para Eduardo Ayub, a câmera também traz segurança: “Espanta os ladrões e o que as pessoas estão fazendo aqui na praça, sujando e outras graças”, revela.

Idealizado em 2011, o projeto de videomonitoramento foi implantado a partir do ano passado, com o trabalho conjunto da Secretaria de Segurança. O investimento foi de R$ 860 mil, sendo R$ 150 mil investimentos municipais. “Conseguimos instalar e iremos fazer muito mais. Nada resiste ao trabalho”, destacou o prefeito.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas