MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
16/11/2018
15 de maio de 2018 às 17h34 | Saúde

Cabelos doados pela prefeitura irão auxiliar no resgate da autoestima de pacientes com câncer

O material doado pelo Município deve ser suficiente para confeccionar ao menos 70 perucas

Por: PMCG
Divulgação/PMCG

A Prefeitura de Campo Grande oficializou na manhã desta terça-feira (15) a entrega de 258 quilos de cabelo humano “in natura” para a Rede Feminina de Combate ao Câncer de Mato Grosso do Sul, destinados à confecção de perucas, que serão doadas a pacientes em tratamento contra o câncer. O termo de doação foi assinado pelo prefeito Marquinhos Trad, em solenidade que contou com a presença do secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, e do diretor-presidente do Hospital de Câncer Alfredo Abrão, Aldoir Teló.

Sensível à luta contra o câncer, o prefeito Marquinhos Trad destacou a importância da autoestima e da fé, aliados ao tratamento da doença e lembrou que a mulher é vaidosa por natureza e em um momento em que ela está fragilizada, enfrentando uma doença tão séria, é fundamental que ela esteja bem consigo mesma.

“Gestos como estes podem parecer tão simples, perto de coisas que nós julgamos serem grandiosas, mas têm um significado imensurável para aqueles que passam por um momento delicado, como é enfrentar uma batalha contra o câncer. Destes cabelos, temos a certeza que serão feitas não só perucas, mas coroas que irão adornar as cabeças de inúmeras guerreiras que enfrentam esse desafio”, ponderou.

Lutando há mais de 10 anos contra um câncer de mama, a cabeleireira Lení Cordeiro deu um depoimento bastante emocionado, falando da importância de se manter alegre e com autoestima elevada durante o tratamento.

“Eu sou prova de que você ter sua vaidade abalada mexe muito com a gente. Por isso, eu considero atitudes como esta extremamente importante, porque só quem passa por um momento desse sabe como é”, disse.

Segundo a presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer, Magda Braz, o volume de material doado pelo Município deve ser suficiente para confeccionar ao menos 70 perucas, que serão doadas as pacientes em tratamento.

“Atualmente, nós contamos com auxílio de voluntários para confeccionar as perucas e, em média, são feitas 10 por mês. Nós ficamos bastante felizes com essa parceria, porque isso representa muito para as mulheres em tratamento. Não é apenas a vaidade, mas o resgate da autoestima e autoconfiança, que são fundamentais neste processo”, disse.

Os materiais doados à Rede Feminina de Combate ao Câncer foram apreendidos pela Receita Federal e repassados à Secretaria Municipal de Saúde (SESAU).

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas