MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
20/10/2017
06 de outubro de 2017 às 17h23 | Esporte

Bolsas Atleta e Técnico: Fundesporte divulga relação de inscritos

A Bolsa-Atleta Estudantil foi a que teve maior número de inscrições: 235

Por: GOV MS

A Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) divulgou, no Diário Oficial do Estado (DOE), desta sexta-feira (6.10), a lista dos inscritos para concorrer às bolsas Atleta e Técnico estaduais. São mais de 500 candidatos a 190 auxílios-financeiros mensais durante um ano.

A Bolsa-Atleta Estudantil foi a que teve maior número de inscrições: 235. Nessa modalidade, o Governo do Estado contempla 100 candidatos com bolsa mensal de R$ 350. O auxílio é direcionado para alunos-atletas, com idade entre 12 e 17 anos, que se destacam em competições estudantis nacionais e internacionais. O principal objetivo é dar uma ajuda de custo mensal para manter o talento escolar treinando e participando das competições.

Na Bolsa-Atleta Nacional, 197 concorrem a 50 bolsas no valor mensal de R$ 800. Podem ser beneficiados talentos esportivos, com idade mínima de 14 anos, que brilham em campeonatos nacionais e internacionais. A intenção é estimulá-los a não abandonar o esporte e continuarem se dedicando a representar Mato Grosso do Sul.

Na inédita Bolsa-Atleta Pódio Complementar, a procura foi de 43 candidatos a 20 auxílios mensais no valor de R$ 800. A modalidade é direcionada a atletas de Mato Grosso do Sul que já recebem bolsa federal.

A principal inovação foi a Bolsa-Técnico. MS é o único estado do Brasil a oferecer o benefício. Na nível 1, 29 se candidataram à bolsa de R$ 500. Na 2, a disputa pelas parcelas mensais de R$ 750 é entre 27 técnicos. Em cada categoria são oferecidas 10 bolsas. Na 1, são contemplados técnicos em nível escolar, responsáveis pelos alunos-atletas habilitados a receber a bolsa-atleta estudantil. A nível 2 beneficia os técnicos dos atletas de ponta, aptos a receber as bolsas pelo desempenho em competições nacionais e internacionais.

O Comitê Gestor da Bolsa-Atleta (Cogeb) se reúne, na segunda-feira (9) para iniciar a análise dos documentos apresentados e selecionar os habilitados a concorrerem às bolsas. Apenas após a definição dos habilitados, começa a ser montado o ranking para a definição dos contemplados.

Cada tipo de bolsa tem critérios específicos de concessão que devem ser necessariamente preenchidos para que o candidato possa receber o auxílio mensal. Em comum, a exigência de nacionalidade brasileira, residência em Mato Grosso do Sul, estar em plena atividade esportiva, ter resultados expressivos em suas modalidades, não ser suspenso ou sofrer sanções disciplinares.

Para concorrerem, os técnicos precisam, entre outras exigências, estar em plena atividade há pelo menos três anos, serem brasileiros, residirem no Mato Grosso do Sul, terem obtidos bons resultados em competições oficiais e serem profissionais de Educação Física devidamente inscritos no Conselho Regional.

A lei ainda prevê a suspensão e o cancelamento da bolsa em casos de má conduta dos contemplados como falsidade documental, suspensão por indisciplina, declaração falsa ou quando deixam de cumprir os requisitos durante o recebimento do benefício como mudança do Estado e abandono da prática esportiva.

Atletas e técnicos de modalidades olímpicas, não-olímpicas, paralímpicas e não-paralímpicas puderam se candidatar. Veja a lista disponível no DOE, nas páginas 44 a 47.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas