MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
23/11/2017
14 de abril de 2017 às 08h11 | Cultura

Biblioteca Estadual promove exibição de filmes com recursos de acessibilidade

O projeto colabora também para cumprir uma obrigatoriedade prevista na Lei nº 13.006

Por: Da Redação

Acessibilidade. Esse é o grande objetivo de um novo projeto da biblioteca pública estadual Dr. Isaías Paim, unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), que pretende exibir filmes nacionais com audiodescrição e legendas descritivas em escolas e instituições filantrópicas. Para garantir esta parceria, as entidades podem agendar as exibições, que acontecerão uma vez ao mês, sempre às sextas-feiras, a partir de junho.

Este novo projeto dá continuidade ao programa de acessibilidade que a biblioteca Isaías Paim já realiza no Memorial da Cultura. “Começamos pensando na dificuldade de transporte das escolas, principalmente das que trabalham com educação especial. Esse foi o maior dos empecilhos. Por isso, decidimos expandir e levar os filmes até as entidades”, explica Eleuzina Crizanto, gestora da biblioteca.

A audiodescrição permite aos deficientes visuais o recebimento da informação contida na imagem, possibilitando o entendimento de toda a obra, seguindo a trama e captando a subjetividade da narrativa. Assim como na legenda descritiva, que possibilita aos deficientes auditivos, por meio das imagens e legendas descritivas, o acesso à captação da narrativa com êxito.

O projeto colabora também para cumprir uma obrigatoriedade prevista na Lei nº 13.006, que acrescenta às Diretrizes e Bases da Educação Nacional a exibição de filmes de produção nacional nas escolas de educação básica. Por meio de parcerias com as instituições a Biblioteca terá meios de atingir o objetivo de garantir acessibilidade e também constituir componente curricular complementar integrado à proposta pedagógica.

“É importante que façamos esse intercâmbio com relação a educação, já que lidamos no âmbito escolar com alunos que precisam destes recursos acessíveis, assim possibilitando a igualdade e informação para todos”, avalia Eleuzina.

Conheça a relação de filmes disponibilizados pela Biblioteca Estadual:

Os Inquilinos, de Sérgio Bianchi

Bendito Fruto, de Sergio Goldenberg

Alô tetéia, de José Joffily

Chega de saudade, de Laís Bodanzky

Bailão – Marcelo Caetano (Programadora Brasil)

Mutum, de Sandra Kogut

Rio de Janeiro, Minas – Marily da Cunha Bezerra

Cabra marcado para morrer, de Eduardo Coutinho

Encontros e desencontros do amor

Memórias sentimentais de um editor de passos, de Daniel Turini

Remédios do amor (João Vargas Penna)

Areia e décimo segundo (Caetano Gotardo/Leonardo Lacca)

É proibido fumar, de Anna Muylaert

Serviço: As exibições serão feitas após agendamento com as escolas e instituições que quiserem participar do projeto. Basta entrar em contato com a biblioteca pública estadual Dr. Isaías Paim, que fica no Memorial da Cultura, na avenida Fernando Corrêa da Costa, 559, Centro. As inscrições podem ser feitas de modo presencial ou pelos telefones (67) 3316-9175 e 3316-9161.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas